Cultura, Arte e Tecnologia

Mira Mobile Prize

logo mira mobile prize2

A mObgraphia pelo segundo ano consecutivo apoia o Mira Mobile Prize, importante prêmio da mobgrafia mundial conduzido por Manuela Matos Monteiro e João Lafuente diretamente do Porto e com atividades intensas nas duas galerias que a dupla comanda na cidade mais querida de Portugal.  Este ano, Cadu Lemos, fundador da mObgraphia fará parte do juri ao lado de Joanne Carter, Bob Weil, Andrea Bigiarini, Louise Clements, Meri Aaron Walker, Michael Jones e Patricia Vieira Campos,   nomes de destaque no cenário da arte e da fotografia mobile.

O tema este ano não poderia ser mais propício e atual, “Connections” ou “Ligações”, como se diz em Portugal . Conexões como se diz aqui no Brasil.

O prazo está curto. Aproveite o tema que tem tudo a ver com o verão e o carnaval que começa hoje!

As inscrições se encerram no dia 27 deste mês. Siga o link, veja o regulamento e mande suas imagens. Boa sorte!

Regulamento aqui.

Veja o video da exposição do ano passado.

Exposição Ruas do Mundo, Mira Mobile Prize 2015

18

 

Abaixo, um pouco da história da Manuela, do João e das Galerias Mira, além deste prêmio importante que revelou por exemplo o irlandês Brendan O’ Sé (pronuncia-se Shei), que foi um dos principais personagens da campanha da Apple Shot on iPhone do ano passado.

manuela-monteiro-00-580x360

MIRA, como começou

Na zona mais deprimida da cidade do Porto, Campanhã, nasceram duas galerias que têm a fotografia como protagonista principal e que ocupam dois dos onze armazéns na Rua de Miraflor. A consulta dos arquivos localiza a sua construção entre 1908 e 1917 por iniciativa de um comerciante, Filipe Fernandes Braga. A estação de Campanhã mesmo ali ao lado justificaria este investimento em amplos espaços de apoio a atividades comerciais e industriais. O edificado segue os padrões deste tipo de construção: paredes de granito, telhado em estrutura de madeira, telhas de tipo “marselha”. Não há um estilo que os possa definir mas o conjunto dos onze armazéns destaca-se pelo alinhamento e harmonia. Testemunhos reconhecem a intensa atividade em torno destes espaços dedicados às mais diversas atividades destacando-se a importante “Companhia Industrial de Portugal e Colónias”. Outros comércios como o fabrico de redes de pesca, material de escritório, vinhos e outros conheceram a decadência provocada por novas rotas e novos meios de transporte.

Abandonados desde a década de 80, pareciam condenados à derrocada. Foi a sua dimensão (cerca de 200 metros quadrados), a sua altura, as paredes em granito e as portas majestosas que levaram os fotógrafos Manuela Matos Monteiro e João Lafuente a adquirir dois armazéns que são hoje duas galerias: Espaço MIRA e o MIRA Forum. Uma das preocupações foi recuperar os dois lugares respeitando a sua traça e materiais de origem sendo hoje considerados exemplos de uma reabilitação bem conseguida. A iniciativa dos dois fotógrafos contaminou outras vontades e, neste momento, os onze armazéns estão vendidos na sua maioria a pessoas relacionadas com as artes.

ESPAÇO MIRA

O Espaço MIRA, que ocupa o número 159 da rua de Miraflor, é uma galeria fundamentalmente ligada à fotografia e à sua relação com outras artes e saberes. É com a direcção artística de José Maia que se está a desenvolver um programa de exposições em que se procura «pensar o campo expandido da fotografia», isto é, reflectir a fotografia nas suas múltiplas vertentes. Conferências, ciclos de cinema e de performances e mostra de livros de artistas ajudam a uma reflexão crítica sobre o lugar e o papel da fotografia inscrita na cidade e no mundo de hoje. As residências artísticas são também uma componente importante na intervenção do Mira, tendo-se realizado durante um ano seis residências.

A galeria procura sempre estabelecer relações próximas com a comunidade e as suas instituições. A diversidade das propostas e expressões artísticas, a presença de obras de artistas de diferentes gerações tem sido uma das características da intervenção do Espaço MIRA.

 

Vencedor  Mira Mobile Prize 2014

30

Janine Graf é uma fotógrafa que utiliza dispositivos móveis e gosta de dança do ventre, hamburgueres de bacon, cappucinos, o cheiro de livros antigos, comédia slapstick, a cor laranja e filmes de gladiadores.

Desde que descobriu a fotografia com dispositivos móveis no início de 2010, Janine colocou de lado a sua DSLR profissional e programas de edição em computadores, substituo-os pelo iPhone. Actualmente é um membro orgulhoso da exposição itinerante de fotografia de iPad denominada “Light Impressions” que reúne 40 fotógrafos que utilizam dispositivos móveis.

Vencedor 2015

BrendanOSe_2_COPENHAGEN

Brendan Ó Sé é um fotógrafo de Cork , na Irlanda. Já expôs fotografias captadas com a sua DSLR e com o iPhone em Dublin e Miami. A fotografia de uma rua de Copenhagen que ganhou a 2ª edição do MIRAMobile Prize foi também escolhida pala Apple para apresentar o iPhone 6 estando exposta em painéis e cartazes em cidades como Los Angeles, San Francisco, Santiago, Bogotá, Tóquio, Sydney, Kuala Lumpur, Berlim e Milão. O trabalho de Brendan tem tido destaque em inúmeras publicações e revistas on-line.

 

Se você for a Portugal e ao Porto, não deixe de dar um alô!

Espaço MIRA, Rua Miraflor, nº 159, 4300 – 334, Porto – Portugal

Contacto: (+351) 929 145 191

Email: contacto@espacomira.net

Horário: Terça-feira – Sábado 15:00 – 19:00

Screen Shot 2016-02-05 at 6.23.43 PM

Esta entrada foi publicada em fevereiro 5, 2016 às 6:31 pm e está arquivada sob Uncategorized. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: