Cultura, Arte e Tecnologia

#mobtriplesteeuropeu com Bianca Vasconcellos

A viagem em busca do diferente e o pouco conhecido pelo público em geral prossegue. Nossa aventureira foi à “Pequena Moscou”, a cidade proibida de Lenin em Wünsdorf-Waldstadt.

Veja e leia aqui.

Rumo à cidade que foi dos nazistas (1910 -1945) e dos oficiais comunistas russos (1945 – 1994) no sul do lado leste da Alemanha, algumas surpresas na ‪#‎mobtriplesteeuropeu‬ ‪#‎urbex‬ para a ‪#‎mobgraphia‬ MOBgraphia Cultura Visual:

12990835_1124167427614673_4549453552891971231_n

urbex – urban exploring – a caminho do quartel general no sul da Alemanha onde os russos fizeram a sede do alto comando das Forças Soviéticas.

13015534_1124167470948002_1967105372106724798_n

Vaumann Jüngen segurança da Cidade Proibida desde 1995, um ano depois que os russos deixaram o local. Ele não queria me deixar entrar. Insisti e ganhei meia hora. Entrei desesperada numa cidade abandonada deixada para trás pelos russos no último trem em agosto de 1994, celular na mão e uma câmera no pescoço. Ele relutou bastante para me deixar entrar, até que me deu meia hora. Depois tive q fugir dele quando de o tempo, ele passa de carro e eu me escondia atrás dos prédios. Bobagem a minha, quando ele me viu, desceu do carro e abriu as portas do anfiteatro com espaços usados para práticas inimagináveis:

12987050_1124167500947999_6971379108667524827_n

A estátua de Lenin está sozinha no pátio onde companheiros do Partido Comunista se reuniam para eventos. A vila no sul da Alemanha foi tomada pelos oficiais russos de 1945 até agosto de 1994. Wünsdorf-Waldstadt era conhecida como a Pequena Moscou, com trens que partiam todos os dias para a Moscou verdadeira.

12987233_1124167550947994_6470011306688554778_n

+ prédios abandonados na Pequena Moscou, no sul da Alemanha do leste europeu.

1936170_1124167604281322_1625720664942468474_n

Já passava de meia hora da permissão que Vaumann Jürgen havia me dado para fotografar quando ele começou a circular com uma van grande e silenciosa. Assim que o vi, comecei a me esconder atrás dos prédios e arbustos. Ainda havia muitas janelas de vidros quebrados ao alcance de um celular para fotografar a vida que foi deixada para trás.

13062070_1124167637614652_5888546060053676117_n

Apaixonada por locais abandonados e aventura em locais nos quais os protagonistas se foram e as paredes, o teto, o piso, a arquitetura, ficaram do mesmo em que deixaram, volto com a mesma foto pra dizer que invejei o aventureiro que chegou antes de mim e tomou umas cervejas no palco onde os bailarinos do Bolshoi se apresentavam. (o piso de madeira seria um capítulo à parte)

12985478_1124167797614636_4589291073716197673_n

“Aqui o Kaiser costumava treinar esgrima”, diz Vaumann, agora meu simpático guia.

12998687_1124167707614645_7262538122899010073_n

“Aqui o Ballet Bolshoi se apresentava para o alto comando das forças soviéticas na antiga Alemanha Oriental”, diz o segurança que virou meu guia.

13007351_1124167754281307_6302099701934575431_n

O interior da Pequena Moscou tem mais sombras do que luz. Fácil fazer a silhueta de Vaumann enquanto ele segue abrindo caminho.

13006494_1124167667614649_1612989121170601113_n

“Aqui os comandantes do partido comunista costumavam treinar hipismo”. Aqui dentro? pergunto. Vaumann me olha com cara de poucos amigos.Decido não duvidar de mais nada sobre o ele disser daqui em diante.

12994290_1124167867614629_5718337673871659729_n

Ah, havia uma bilheteria para comprar os tickets para a apresentação do ballet e dos oficiais cavaleiros.

13062252_1124167910947958_1891428999194387831_n

Os bailarinos que se apresentavam aos oficiais do alto comando comunista, passavam por aqui antes de começar a dançar.

13015312_1124167947614621_3942468982634158541_n

Bastidor do camarim do anfiteatro.

Esta entrada foi publicada em abril 19, 2016 às 10:10 am e está arquivada sob Uncategorized. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: