Cultura, Arte e Tecnologia

Desafio #motofoto #relatosnoturnos

Chegou o dia!

Com muita alegria, apresentamos os vencedores da segunda onda dos Desafios #motofoto, uma parceria da MOTO e da mObgraphia Cultura Visual com coordenação da Vitrio.

O segundo Desafio #motofoto #relatosnoturnos não foi uma tarefa fácil.

Fotografar à noite proporciona uma dificuldade adicional para nossos smartphones já que seu sensores ainda estão em processo de desenvolvimento contínuo, o que apresenta aos fotógrafos uma variável que instiga e provoca criatividade e empenho para buscar uma foto única.

O resultado foi absolutamente surpreendente e compôs um dos melhores perfis de fotos noturnas que habitam o Instagram. A tag está linda, repleta de mobgrafias excepcionais.

Para os jurados uma dificuldade ainda maior para compor o shortlist e imagine, escolher as três vencedoras.

Pelo nível de todas as imagens, vocês podem imaginar a ‘briga’ que foi para chegarmos aos ganhadores dos MOTO G4 (que numa nota adicional, já trazem um sensor muito melhorado para condições de baixa luz).

6437537e-8666-48cd-9ebd-b81b3e87a8f8

O processo seletivo foi novamente conduzido pelo time de formado por Alexandre Wittboldt, Ana Paula Borges, Erico Hiller, Nara Kassinoff, Rodrigo Vieira, convidados especiais, além de Cadu Lemos e Ricardo Rojas, da mObgraphia Cultura Visual e mais uma vez, foi um momento de celebração da arte da Mobgrafia brasileira.Na foto, também presentes Maira Ribeiro da MOTO, Lucio Novaes e Mayra Bortone da Vitrio (que fez o clique).

Estão todos os participantes de parabéns!

3a. Colocada

@betemarques

betemarques

2a. Colocada

@sandradelarco

sandradelarco

1a. Colocada

@ulyssesdecastro

ulyssesdecastro

Shortlist

Leia as opiniões do time sobre o Desafio e sobre as fotos vencedoras:

Fotografar de noite não é tarefa fácil. Apesar da evolução dos smartphones, o desafio #relatosnoturnos foi uma pedrada! E os participantes souberam lidar com as dificuldades e apresentaram trabalhos surpreendentes.

Talvez o maior desafio foi a responsabilidade de escolher as imagens vencedoras entre tantas boas fotografias.
Parabéns aos participantes que encheram nossos olhos de belos relatos!
Alexandre Wittboldt

“O Desafio #relatosnoturnos foi surpreendente em todos os sentidos. Surpreendente porque, mesmo sendo um tema mais difícil, tivemos uma qualidade ainda maior nas imagens da tag. 

Também foi bem interessante ver as diferentes interpretações do tema, imagens ao ar livre, imagens internas, muito diferentes uma das outras e sempre respeitando a ideia original.

A imagem vencedora também foi uma maravilhosa surpresa, uma Mobgrafia cheia de alma, que “abraçou” toda a limitação de um ambiente caótico e com pouca luz. O resultado disso é essa foto linda e bem brasileira”

Rodrigo Vieira

“Participar do desafio MotoFoto com tema Relatos Noturnos foi uma experiência incrível e um verdadeiro aprendizado.

Fotografar à noite com celular tem grandes limitações e ver as pessoas empenhadas em superar esses limites e dispostas a fazer um belo trabalho foi sensacional.

Além disso, foi uma honra fazer parte do time de curadores que escolheu os vencedores, pois acompanhar essa seleção de perto nos deu a possibilidade de ver a evolução e o esforço de cada um que participou do desafio.

A escolha foi muito difícil, pois as fotos do Relatos Noturnos tinham uma qualidade maravilhosa, mas as três finalistas se destacaram pelos seguintes fatores:

1) Uma fotografia maravilhosa, composição perfeita, aproveitamento das luzes, ambiente e enquadramento perfeitos. E, sua característica mais forte é relatar uma história em apenas em uma imagem.

2) A beleza estética dessa fotografia é encantadora. Alem de relatar o que está acontecendo através da imagem, ela sutilmente te convida à entrar naquele momento.

3) Essa fotografia é o que podemos chamar de momento certo, luz perfeita e enquadramento incrível. Por sua vez, assim como as outras nos faz viajar para aquele momento e sentir-se parte daquela noite”.

Ana Paula Borges



“Sou grande fã de fotos noturnas e esse foi um tema que dificultou e elevou bastante a qualidade fotográfica na tag, muito legal sentir o pessoal realmente desafiado à participar. Foi fogo alguém conseguir bater o primeiro lugar: escolha unânime, um instante impressionante que captou toda a magia de uma guerra de espadas, festa iluminada das noites de São João. É uma foto linda e espontânea que nos conta muito sobre nossa cultura. Em segundo lugar, uma foto bastante misteriosa, sorriso charmoso, um convite discreto para entrar no vagão e ser cúmplice daquela noitada… Muito boa! Por fim, em terceiro lugar, uma foto que nos faz embarcar para qualquer destino e imaginar milhares de relatos noturnos possíveis. Três fotos sensacionais, parabéns aos vencedores, fiquei muito satisfeita com o resultado.”

Nara Kassinoff


“Foi uma grande alegria ver estes vencedores. É a celebração da mobgrafia como forma de interagir com o mundo e de se expressar. Estas lindas fotos vencedoras mostram bem isso. É sacar o celular e clicar, o espírito da fotografia de rua. Ouça seu coração e pronto. Se sair, saiu. Faça seu melhor e se ficar bom, beleza. Nunca podemos parar de tentar. É o registro da vida em curso. Fiquei encantado com a fluidez e a delícia que estas imagens vencedoras tem pra nos dizer sobre a noite. É uma conquista, uma enorme felicidade ver fotógrafos assim, de verdade, pessoas comuns, nos mostrando como vivem e como olham a vida acontecendo ao seu redor. O Touro, o Táxi e o mascarado no metrô. Uma honra para mim poder olhar tantas fotos boas e chegar a estes três. Recomendo que sigam seus perfis no Instagram e vamos acompanhar. Este desafio #relatosnoturnos foi sensacional, e os outros estão aí, coisas melhores estão pro vir.”


As vencedoras:

3a.colocada
“Desde a primera vez que vi esta cena deliciosa da @betemarques a partir da perspectiva de dentro de um táxi, me veio Nova York na cabeça. Depois me atentei e percebi que não poderia ser. Olhei o modelo antigo do automóvel, e este lindo retrovisor comprido. Ao ler o relato da legenda, vi que era Cuba. Sim, Cuba, claro e seus chevys que estacionaram no tempo da revolução. E a mobgrafia é isto, um disparo rápido com celular que nos traz à tona todo o nosso imaginário, nosso repertório histórico e cultural. É uma foto que brinca com cores, contraluzes e coloca o leitor ali dentro do carro. Sensacional, eu amei”.


2a. colocada
“Esta cena magnífica captada pela @sandradelarco foi logo alçada ao topo das selecionadas entre as quase duas mil imagens que analisamos para este desafio da Moto. Uma imagem arquetípica, tão comum e tão inusitada ao mesmo tempo, que nos remete a um filme de Stanley Kubrick, ou ao underground europeu-asiático. Não precisamos saber se é um trem, um metrô ou uma porta que leva à perdição da noite. Tudo está lá, nas cores, na mascara e no sorriso”.

1a.colocada

“Posso dizer que esta foto do desta cabeça de touro com uma explosão de faíscas ao fundo do @ulyssesdecastro foi unanimidade. Uma imagem que ganhou uma força incrível pela sua energia, pela sua beleza compositiva, a complementação das cores, o tratamento de filtros sutil e original. A contraluz a textura e o momento certo do clique, tornam esta mobgrafia genial e única. Me encantou de certa forma o corte quadrado, as bolas de luz que se escaparam nos olhos deste crânio e a brasilidade do tema, que remete ao imaginário do Brasil, o Bumba-meu-boi, a cultura de festas, fogos, lendas e folclore. Em algum momento alguém comentou, quero esta foto na minha parede. Eu também. Parabéns, @ulyssesdecastro, mereceu levar este desafio. Além de ganhar um super celular Moto, ganhou justiça, suas lindas fotos são agora mostradas com o destaque que elas merecem!”

Erico Hiller

Esta entrada foi publicada em novembro 21, 2016 às 6:10 pm e está arquivada sob Uncategorized. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.
%d blogueiros gostam disto: