Cultura, Arte e Tecnologia

Exposição “Avessos e Paradigmas”

Mostra de fotografia inédita no Brasil é exposta em São Paulo durante o FLAMOB 2017

Veja o site oficial aqui.

 Copy of avessos penna (1)Copy of avessos pennaavessos penna25

Avessos e Paradigmas, exposição de conceito inédito, concebida pela mObgraphia Cultura Visual com curadoria de Fausto Chermont e produzida apenas com smartphones, é uma das mostras apresentadas pela durante o Festival Latino Americano de Mobgrafias, parte da programação do Maio Fotografia no MIS 2017. Artistas há muito inseridos na história da fotografia do Brasil e do mundo – German Lorca, Maureen Bisilliat, Nair Benedicto e Penna Prearo – exibem 60 fotografias inéditas produzidas para a mostra. As séries apresentarão o resultado do desafio proposto: utilização de câmeras de captura digital de telefones celulares, pela primeira vez por estes artistas.

Os ensaios realizados por esses fotógrafos que experimentaram grande parte das mudanças tecnológicas de impacto dos últimos anos, bem como a migração das câmeras analógicas para o fazer digital, possibilitam uma reflexão sobre o “fazer fotográfico”, o “fazer arte”, os meios e motivações para se produzir imagens. A coragem de expurgar o viés comum, de viver o hoje com os meios e métodos contemporâneos que produzem resultados imagéticos a serem decifrados por cada um na assamblage de conteúdos eletrônicos com toque de passado, presente e futuro.

Avessos e Paradigmas exibe os primeiros registros em smartphones  realizados por ícones da fotografia brasileira. A não proposição de temas para os ensaios, a confiança plena do curador com o resultado a ser apresentado do trabalho que se realiza simultaneamente, como alternativa de elaboração autoral, na temporalidade do evento, são parte das provocações a formatos hegemônicos da contemporaneidade, tornando a exposição uma surpresa até mesmo para seus participantes. German Lorca, Maureen Bisilliat mObgraphia Cultura Visual, Nair Benedicto e Penna Prearo, podem ou não se ater a suas linhas de pesquisa e produção costumeiras. Liberdade de escolha é um dos principais ingredientes da proposição.

Para o curador, Fausto Chermont, a escolha dos fotógrafos traz a inevitável mudança nos meios de produção, comunicação e arte visual, ainda cria uma ponte entre o tradicional e o inovador por meio da arte e da tecnologia. “Estes autores com idades entre 60 a 90 anos se predispõem a decifrar a esfinge da exclusão profissional pela idade, com a própria inclusão tecnológica e da contraditória viagem da saída do mercado mais exigente da individuação artística rumo ao mercado do anonimato das redes sociais. ”

 

Maio Fotografia no MIS 2017

Anualmente, o Museu da Imagem e do Som – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – dedica um espaço na agenda de programação para mostras exclusivamente de fotografias com obras de artistas nacionais e internacionais.

Este ano, além de Avessos e Paradigmas, a mostra apresenta outras seis exposições: Revista Camera A fotografia dos séculos XIX e XX, uma seleção de fotos da coleção de Allan Porter, editor da cultuada revista suíça Camera – que traz grandes nomes da fotografia como Eugène Atget, Cartier-Bresson e Aleksander Rodchenko; Refugiados, trabalho inédito de Mauricio Lima, que acompanhou uma família de sírios desde a cidade de Afrin, na Síria, até a Suécia, tornando-se com este ensaio o primeiro brasileiro a receber o Prêmio Pulitzer; Passagens da inocência de Giulia Paulinelli, uma das artistas selecionadas pelo programa Nova Fotografia 2017, espaço do MIS dedicado a fotógrafos promissores; Caçador e construtor, exposição elaborada a partir do Acervo do MIS que tem entre seus destaques obras de Cristiano Mascaro, Arnaldo Pappalardo, Fernando Natalici e Gal Oppido.

FLAMOB 2017 (3)

Completam a programação duas mostras do mObgraphia Cultura Visual: A arte da observação urbana, uma seleção de imagens dos cinco fotógrafos do Hikari Creative, coletivo formado pelos artistas Adriana Zehbrauskas, Ako Salemi, Eric Mencher, Marina Sersale e Q. Sakamaki e uma mostra dos selecionados pelo Prêmio Latino-americano mObgraphia, que é dividido em sete categorias: Arte em mobgrafia, Documental, Retrato, Street, Preto e branco, Paisagem e Ensaio.

hikari-call

 

 

Exposição: Avessos e Paradigmas | Maio Fotografia no MIS 2017

Artistas: German Lorca. Maureen Bisilliat, Nair Benedicto e Penna Prearo

Curadoria: Fausto Chermont

Abertura: 12 de abril (quarta-feira), às 18h (entrada gratuita)

Período: 13 de abril a 25 de maio de 2017

Local: Museu da Imagem e do Som – MIS – http://www.mis-sp.org.br

Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 (estacionamento conveniado: R$ 18)

Horário: terças a sábados, das 12h às 21h; domingos e feriados, das 11h às 20h

Ingresso R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia)

Número de Obras: 60

Técnica: fotografia

Dimensões: variadas

Esta entrada foi publicada em abril 1, 2017 às 2:53 pm e está arquivada sob Uncategorized. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.
%d blogueiros gostam disto: